Violetas e orquídeas duram mais em vasos caseiros


Flores e arranjos não saem da moda quando o assunto é presente. Mas  escolher um espécie com alta durabilidade para a decoração de sua casa durável depende de algumas informações. E, sabendo as dicas certas, fica fácil acertar na montagem de vasos e arranjos, seja dentro de casa ou em jardins ou quintais.

Tudo começa com a escolha da flor ou do arranjo que são vendidos nas floriculturas e mercados. Essas flores, geralmente, saem de viveiros onde estavam em condições adequadas e, por isso, chegam bonitas e vistosas às lojas. Dê preferência para os vasos que tenham muda e botões. “As plantas que já estão muito tempo em exposição têm as folhas amareladas e flores murchas. É importante na hora da compra verificar se a terra não está ressecada, porque isso é um indicador de que ela não está sendo molhada e que se encontra ali há bastante tempo”, alerta a paisagista Adele Rossi.

Observados esses critérios, é hora de escolher o tipo de flor. Violetas, orquídeas, calanchoês e samambaias duram mais porque, geralmente, já estão adaptadas aos vasos e só precisam ser irrigadas e podadas de forma correta. O importante é que não sejam trocadas de vasos enquanto estão floridas. Depois podem ser transplantadas para vasos maiores ou mesmo para o chão.

As rosas, que ganham em popularidade entre os brasileiros, duram de cinco a oito dias. Truques como colocar um pouco de açúcar na água e cortar o talo ajudam na durabilidade delas, que podem ficar vistosas até 10 dias.

Para quem ganha as flores, a dica para que elas durem mais é trocar a água do vaso dia sim e dia não. A cada troca, lave o vaso com sabão para que as bactérias antigas não contaminem a água nova. E corte todos os dias um pedacinho do talo das flores em sentido transversal. Na água das flores não coloque aspirina ou água sanitária, ingredientes que servem apenas para algumas espécies.

Sem os cuidados básicos como a irrigação diária e a preocupação com a luminosidade, qualquer flor ou arranjo não vai durar mais que três dias. Atualmente, as plantas estão adaptadas para viver em vasos, basta ver os bonsais – árvores de grande porte que conseguem sobreviver em vasos pequenos,  e duram anos “Além de encontrarmos uma variedade de especies em vasos com boa durabilidade, eles são uma ótima opção para quem mora em apartamento por ocuparem pouco espaço”, complementa a paisagista.