Travesseiros, como escolher os modelos certos para sua família?

Acordar com a sensação de uma ótima noite de sono passa por muito pelo colchão e, principalmente, o travesseiro, objeto de gosto absolutamente pessoal e que têm modelos que beneficiam quem gosta de dormir de lado, de bruço, de barriga para cima ou de qualquer forma que faça alguém sentir-se descansado na cama.

Com o auxílio da tecnologia, travesseiros deixaram de ser, ao longo do tempo, algo desconfortável – nos tempos do Egito antigo, tijolos ou pedras eram usados como suporte para a cabeça durante o sono – e viraram peça fundamental para evitar que o peso da cabeça force a coluna cervical. Dessa forma, mantêm o equilíbrio da estrutura cervical, estimula a circulação e até evita o estresse.

O principal ponto a ser levado em conta na hora da escolha de um novo travesseiro é se ele tem espessura suficiente para preencher o espaço entre o ombro e a cabeça. É isso que vai garantir o equilíbrio da cervical, evitando torcicolos também.

Por isso a tendência dos últimos anos são os travesseiros que se adaptam ao corpo. Um bom exemplo é o chamado travesseiro de corpo. À primeira vista, parece um mini divã de psicólogo, mas é perfeito para harmonizar pernas, tronco e cabeça. Com 145×45 (cm), é adequado para quem gosta de dormir de lado abraçado ao travesseiro.

Da mesma forma, os modelos de viscoelástica também se adaptam ao contorno e à temperatura do corpo. Mais conhecido pelo nome de “Espuma da Nasa”, ele ameniza a resistência do material contra a cabeça, garantindo estabilidade e conforto.

Menos macios, os travesseiros de espuma compacta (ou poliuretano) pouco cedem ao peso da cabeça – assim como acontece com os de espuma de látex -, enquanto os de flocos de espuma apresentam mais maciez – apesar de mudarem de posição ao longo da noite.

Mais macios ainda são os travesseiros de plumas e penas, que também se ajustam ao formato da cabeça, mas sem rigidez na estrutura, o que não garante o alinhamento da cervical com o tronco quando se está deitado de lado.

E você? Qual o seu tipo de travesseiro favorito? Conte para a gente.